Advocacia Especializado em Imigração

Advocacia Especializado em Imigração

Advocacia Especializado em Imigração

Advocacia Especializado em Imigração

Advocacia Especializado em Imigração

Renata Castro

Renata Castro

Renata Castro

Renata Castro

Renata Castro

castro legal group USCIS

advogado de imigração

advogado de imigração

advogado de imigração

advogado de imigração

advogacia de imigração

advogacia de imigração

advogacia de imigração

advogacia de imigração

como tirar green card

como tirar green card

como tirar green card

como tirar green card

Senado dos EUA revela acordo sobre imigração e propõe mudanças radicais nas fronteiras

51853453592_35e0ebf0c2_6k_site crop

No domingo (4), o Senado dos Estados Unidos divulgou os detalhes de um projeto de lei discutido entre democratas e republicanos, que desbloqueia bilhões de dólares em novos fundos para a Ucrânia e Israel, ao mesmo tempo em que fortalece as leis de fronteira. 

O financiamento total previsto no acordo, que ainda é incerto de aprovação, é de US$ 118,3 bilhões. O valor foi divido entre assistência à Ucrânia (US$ 60 bilhões), Israel (US$ 14,1 bilhões) e o fortalecimento da segurança nas fronteiras (US$ 20,2 bilhões), juntamente com uma série de alterações na política imigratória.

O plano propõe uma reformulação do sistema de asilo na fronteira, visando uma aplicação mais ágil e rigorosa. Além disso, concede novos poderes aos presidentes para a imediata deportação de imigrantes, caso as autoridades considerem estar sobrecarregadas com o volume de indivíduos sem documentos que buscam asilo na fronteira.

A implantação de um novo requisito federal determinaria o fechamento da fronteira entre os EUA e o México quando cerca de 5.000 indivíduos sem documentos cruzarem diariamente para os Estados Unidos. 

Especificamente, a proposta visa encerrar o sistema que permite que indivíduos permaneçam nos EUA durante o processamento de seus pedidos de asilo, um procedimento frequentemente referido de maneira pejorativa pelos republicanos como “captura e libertação”.

A viabilidade do projeto em sua primeira votação no Senado, controlado pelos democratas e agendada para a próxima quarta-feira (7), permanece incerta, uma vez que não está claro se há apoio suficiente, com 60 votos necessários para a aprovação.

Ao longo de meses, os senadores vêm negociando um acordo para lidar com a imigração ilegal, com os republicanos pressionando por um reforço na segurança na fronteira em troca do financiamento solicitado pela Casa Branca para Kiev. O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, expressou forte apoio ao acordo, instando o Congresso a aprová-lo, destacando que chegaram a um consenso bipartidário em prol da segurança nacional, incluindo reformas fronteiriças que são consideradas as mais robustas e justas em décadas.

Representamos causas imigratórias em todos os Estados Unidos e oferecemos triagem inicial gratuita do seu caso.

–  Whatsapp: +1-954-204-0393

–  Youtube: USA4ALL by Renata Castro

–  Instagram: @usa4all.law